Quarta-feira, 20 de junho de 2018
Estagiários da TurisAngra participam de capacitação

Angra dos Reis

O grupo de jovens que trabalham como estagiários nas atividades da Fundação de Turismo de Angra (TurisAngra) participou de um dia de capacitação na Ilha Grande. A iniciativa é uma parceria inédita entre a Fundação de Turismo e o Projeto Voz Nativa. O grupo de estagiários terá dois dias de evento.
 

Nove estagiários que realizam o primeiro atendimento ao turista no Centro Informações Turísticas (CIT) da Praia do Anil e na Estação Santa Luzia participaram da atividade, que foi conduzida por Márcio Ranauro, coordenador geral do Voz Nativa.


As atividades foram divididas em dois turnos. No período da manhã, foi abordado o meio ambiente, com foco no consumo de recursos naturais e ambientais e na diferença entre a vida urbana e a vida caiçara. Também foi abordada a importância da preservação ambiental na Ilha Grande e detalhados conceitos de áreas protegidas no Brasil, exemplificados com as áreas de proteção da ilha (reserva biológica da Praia do Sul e do Leste, Parque Estadual da Ilha Grande, reserva de desenvolvimento sustentável da praia do Aventureiro e APA Tamoios).


Durante a tarde, o foco foi à importância do turismo sustentável. Os jovens puderam conhecer as diferenças entre o turismo de massa e o turismo de base comunitária. Ao final, foi realizado um debate usando as duas temáticas.


- Estes estagiários trabalham diretamente com o serviço de informação ao turista. É importante que todos tenham amplo conhecimento das questões ambientais da Ilha Grande, principalmente no que diz respeitos às regras de acesso às quatro reservas ambientais. Com os temas que abordamos durante o curso, todos terão mais propriedade quando forem prestar informações turísticas, sendo disseminadores de orientações que servirão para preservamos cada vez mais nossos bens naturais e culturais - disse o coordenador-geral do Voz Nativa, Ranauro.

Para o presidente da TurisAngra, Klauber Valente, a ação faz parte de uma série de atividades que buscam qualificar o serviço prestado ao turista que chega ao município e também cumprem uma função social:

- Considero importante o processo de capacitação da nossa equipe de estagiários. Isso garante que estejam cada vez mais preparados para atender os turistas e, principalmente, contribui para formação profissional e cidadã de cada um desses jovens. O projeto Voz Nativa tem esse conceito de trabalho com a juventude na Ilha Grande. Vamos buscar mais ações nesse sentido para fixarmos na nossa equipe a importância do turismo sustentável em Angra dos Reis - disse.

No sábado, 7, outro grupo de estagiários realiza o mesmo curso de capacitação com o Voz Nativa. Será contemplada uma segunda leva de estagiários do CIT e das estações de Santa Luzia e do Abraão.

 

VOZ NATIVA

O projeto Voz Nativa tem como proposta desenvolver uma metodologia de formação de jovens com objetivo de estimular o desenvolvimento sustentável da Ilha Grande, através de cursos profissionalizantes, em temas como turismo de base comunitária, meio ambiente e comunicação.

Os objetivos são formar jovens empreendedores em gestão de atividades turísticas, contribuir para a compreensão da legislação ambiental aplicada ao uso público de áreas protegidas e estimular os jovens a conhecerem melhor suas comunidades e participarem de mídias comunitárias, como a edição de jornais e blogs e na realização de eventos de turismo, meio ambiente e de culturas locais.


Totalmente gratuito, além da formação profissional, o projeto desenvolve junto aos moradores eventos culturais, publicação de livros e edição do jornal comunitário Voz Nativa, como forma de promover a integração entre os jovens de diferentes praias e estimular o protagonismo dos moradores em atividades que promovam, ao mesmo tempo, um turismo de base comunitária, a conservação ambiental e a valorização histórica e cultural da Ilha Grande.






ANUNCIE AQUI


Direitos reservados
Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.