Domingo, 20 de agosto de 2017 | 19:55 Expediente | Anuncie Aqui
Buscar notícia
Mundo
Explosão em shopping na Colômbia deixa mortos e feridos
Publicado em 19/06/2017 | 06h04m
 

Bogotá
Três pessoas morreram e nove ficaram feridas após a explosão de uma bomba dentro do Shopping Andino, em Bogotá, informou o prefeito da cidade colombiana, Enrique Peñalosa. Para ele, o incidente foi um "atentado terrorista covarde".

De acordo com relatos de testemunhas, as lojas e o cinema do estabelecimento foram evacuados, após a bomba ser detonada no banheiro feminino do segundo andar. A polícia interditou o local.

Entre as vítimas está a francesa Julie Huynh, de 23 anos, que estava no país há seis meses trabalhando como voluntária, segundo informou o prefeito de Bogotá. Logo depois, a Clínica do Country confirmou as mortes de Ana María Gutiérrez, de 27 anos, e Lady Paola Jaimes Ovalle, de 31, "em consequência das lesões sofridas". Quatro feridos estão em estado grave.

Em publicação numa rede social, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, escreveu que ordenou ao diretor de Polícia, general Jorge Hernando Nieto, que lidere a investigação. Além disso, o chefe de Estado prestou solidariedade às vítimas.

Até o momento, as autoridades afirmaram que ainda não é possível acusar nenhum grupo pelo atentado. No entanto, o Exército de Libertação Nacional (ELN), que é o segundo maior grupo guerrilheiro do país, estava entre os suspeitos. Por sua vez, o ELN condenou o ataque e disse que "jamais faria ações com objetivo de atingir a população civil".

Há anos, a Colômbia vive um conflito armado. Recentemente, Santos e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) assinaram um acordo de paz.

 
 
Leia também
• Deslizamento em Serra Leoa deixa centenas de desaparecidos
• Cardeal desmente viagem do Papa a El Salvador
• Coreia do Norte suspende planos para atacar ilha de Guam
> Mais notícias
Jornal VALESULONLINE - Notícias da Região Sul Fluminense - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por LogoMidia