Sábado, 24 de junho de 2017 | 22:56 Expediente | Anuncie Aqui
Buscar notícia
Sul Fluminense
Saúde de Volta Redonda intensifica vacinação contra HPV
Publicado em 16/06/2017 | 11h54m
 

Volta Redonda
A Secretaria Municipal de Saúde começará segunda-feira, 19, a intensificação da vacinação contra o HPV. O período de campanha vai até 21 de julho, sendo sábado, 1º de julho, o Dia D de Mobilização. A ação foi proposta pela secretaria estadual de Saúde.

Em Volta Redonda, as vacinas estão disponíveis em todas Unidades Básicas de Saúde e Unidades Básicas de Saúde da Família. Os usuários devem procurar sua unidade de referência, de 8 às 17h, portando o cartão de vacina.

Entre as vacinas oferecidas está a HPV quadrivalente, que, a partir desta ação, atenderá também os meninos de 11 a 14 anos.

“Os meninos passaram a ser contemplados com a vacina contra o HPV em janeiro de 2017, mas somente para maiores de 12 e menores de 13 anos, agora a faixa etária foi ampliada”, disse o superintendente municipal da Atenção Básica, Amarildo Martins.

Esta ampliação fortalece as ações de saúde na população masculina e possibilita a prevenção da ocorrência de cânceres de pênis, anus, orofaringe e verrugas genitais.

“A vacinação dos meninos contribui para o aumento da proteção nas meninas, evitando o contágio. Nas mulheres, a principal consequência do HPV é o câncer de colo de útero, mas a ampliação da vacinação nos meninos vai impactar, nas próximas décadas, o perfil epidemiológico das infecções causadas pelo HPV em ambos sexos”, afirmou Amarildo.  

Segundo Amarildo, é bom lembrar que a faixa etária para vacinação contra o HPV nas meninas também foi ampliada desde janeiro deste ano. Meninas entre nove e 15 anos devem ser vacinadas. As meninas recebem a vacina pela Rede Pública de Saúde desde 2014. A vacina contra o HPV é ministrada em duas doses, sendo que a segunda deve ser aplicada, no mínimo, seis meses após a primeira e, no máximo, até 12 meses. 

MAIS VACINAS - Além da imunização contra o HPV, outras vacinas do Calendário Nacional de Vacinação do Adolescente estão disponíveis para atualização da caderneta vacinal, um dos objetivos da secretaria de Estado de Saúde.

A meningocócica C, que evita doenças como a meningite, para adolescentes de 12 e 13 anos; a tríplice viral, contra sarampo, caxumba e rubéola; antitetânica (dT), contra tétano e difteria; e para hepatite B.

“Estas vacinas são encontradas nas unidades de saúde do município durante todo ano. Então, mesmo com o término do período de intensificação de vacinação proposto pelo governo do estado, os usuários podem procurar a unidade mais próxima de sua residência para atualização de seu cartão vacinal, mas é sempre bom aproveitar a campanha para não cair no esquecimento”, lembrou Amarildo Martins.

Foto: Divulgação

 
 
 
Leia também
• Suspeito de arrombar Restaurante Cidadão é detido
• Itatiaia promove Semana de Combate as Drogas
• Alunos do Ciep de Arrozal participam de palestras
> Mais notícias
Jornal VALESULONLINE - Notícias da Região Sul Fluminense - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por LogoMidia